conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Iniciativas & Projetos

Recife lança projeto “A Convivência que Protege”

Iniciativa da capital pernambucana pretente estimular a participação das pessoas idosas em grupos de convivência

Grupos de convivência - Recife

Recife lançou na última quarta-feira, dia 20 de abril, o  Projeto “A Convivência que Protege”, criado para estimular a participação das pessoas idosas em grupos de convivência na cidade. A iniciativa da capital pernambucana será realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, Juventude e Políticas sobre Drogas, por meio da Gerência da Pessoa Idosa. Atualmente existem cerca de 70 grupos de convivência no Recife.

A gerente da Pessoa Idosa, Cacilda Medeiros, destacou que a campanha, além de estimular a participação em grupos de convivência, pretende incentivar a criação de novos grupos, como também, fortalecê-los, oferecendo ações que atendam às suas necessidades. Segundo ela, os grupos para pessoas idosas independentes e autônomas têm sido uma alternativa estimulada em todo o Brasil e no mundo.

A ausência de companhia, de recurso financeiro para custeá-la, de motivação para alterar a rotina, e a ideia de que há experiências de lazer inadequadas para a idade avançada foram empecilhos citados por idosos, de acordo com Cacilda, para não participar.

Pertencimento e convivência

Por outro lado, quem decide participar dos grupos permanece, na avaliação da profissional, pelo sentimento de pertencimento, interesse nas atividades oferecidas, criação de novas amizades e melhoria na saúde física e mental. Nos grupos são realizadas atividades que contribuem com o processo de envelhecimento ativo, com o desenvolvimento da autonomia e de sociabilidades, e ainda o fortalecimento do convívio comunitário e familiar. 

As atividades sociais e culturais oferecidas nesses locais, de acordo com a gerente da Pessoa Idosa, propiciam o encontro, a relação, a participação e a ocupação do tempo livre das pessoas idosas, contribuindo efetivamente na redução das violências sofridas pelo segmento, além da oportunidade de sair da solidão e dar sentido à vida.

Na cidade, há atividades gratuitas como as duas unidades do Centro Comunitário da Paz (Compaz), os polos da Academias da Cidade, que realiza atividades para promoção da saúde física da população, e as ações da Gerência da Pessoa Idosa voltadas para esse segmento.

(Fonte: Prefeitura do Recife / Imagem principal: Inaldo Menezes-PCR-Divulgação)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises