conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Notícias

Programa Jornada traz tecnologia e trabalho 60+

Episódio de produção do Tribunal Superior do Trabalho (TST) mostra a necessidade cada vez maior do uso de tecnologia pelos 60+

Programa Jornada - TST - tecnologia e trabalho 60+

A inserção de idosos no mundo digital é destaque no terceiro episódio do programa Jornada, lançado na segunda-feira, dia 13 de setembro, no canal do YouTube do Tribunal Superior do Trabalho (TST). O programa apresenta os desafios enfrentados por profissionais acima de 60 anos para se adaptarem a um mercado de trabalho cada vez mais digital. Com o distanciamento imposto pela pandemia de covid-19, eles tiveram que aprender a utilizar ferramentas virtuais para seguirem trabalhando. 

A equipe do Jornada, produção semanal do TST, conversou com trabalhadores que se adaptaram a esse novo cenário e relataram experiências, dificuldades e avanços perante as novas tecnologias. A  influenciadora digital Maria Lúcia Silva, de 60 anos, a @vovoblogueiradf, é uma das entrevistadas. “As redes sociais me abriram portas e têm dado resultado, têm atraído patrocinadores. Isso é muito bom porque não sou aposentada, vivo do meu trabalho”, afirma.

Durante a pandemia, o psicólogo Osvaldo Tadeu, 69, entrou em uma escola voltada à terceira idade, para aprender novas ferramentas digitais. Nesta edição, ele conta que a tecnologia lhe permitiu sair da zona de conforto, manter os atendimentos profissionais e criar um grupo de apoio psicológico no prédio onde mora.

O programa também entrevista o estudante de direito e consultor, Marcelo Lima Costa, 74, e o jornalista e consultor de marketing político, Ronald de Carvalho, de 76 anos, mais de 50 deles dedicados à sua profissão. Para Marcelo, nada substitui a experiência.

Outro entrevistado é o ministro do TST Evandro Valadão. Ele fala do preconceito sofrido por idosos no mercado de trabalho e lembra as garantias asseguradas pelo Estatuto do Idoso (Lei 10.741/2003). “O idoso pode e deve contribuir e, nesse espírito de solidariedade que deve nortear a vida de todos nós, devemos ampará-lo para que tenha um envelhecimento ativo, produtivo e feliz”, observa. Assista ao episódio completo:

(Fonte: Secretaria de Comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho – TST)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Eventos

O Programa Vem Dançar, iniciativa da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), terá neste ano um...

Notícias

Medida adotada pela prefeitura da capital, que entrou em vigor em fevereiro, vem gerando questionamentos por ter retirado um direito adquirido de idosos com...