conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Cultura

Especial Falas da Vida dá voz para pessoas 60+

Programa da Globo apresentou no dia 1 de outubro cinco personagens com o potencial de representarem as pessoas idosas do Brasil

Falas da Vida- Chicão
Chicão, de 89 anos, que muito trabalhou ao longo da vida e hoje mora em uma instituição de longa permanência é um dos entrevistados

No Dia Internacional da Pessoa Idosa, celebrado na sexta-feira, 1 de outubro, a Globo apresentou o especial Falas da Vida. O programa deu voz a experientes brasileiros, maiores de 60 anos, que quebram os tabus associados à ideia de velhice. Pessoas que participam da geração de riqueza do país, trabalhando, gerando renda e cuidando da família e por vezes da comunidade em que vivem. A apresentação foi da atriz e cantora Zezé Motta, 77 anos.

O Dia Internacional da Pessoa Idosa marca o combate a todo tipo de preconceito e joga os holofotes sobre essas pessoas, que estão cada vez mais ativas, presentes e necessitadas de reconhecimento de seus direitos. O especial apresentou cinco personagens, com o potencial de representarem cada um dos milhões de brasileiros, por meio do que eles de suas histórias de vida. São eles: 

Albertina Silva Rocha, a Bebel, educadora aposentada, 75, moradora de um povoado próximo aos Lençóis Maranhenses (MA). Ela esbanja vitalidade, e como disse um neto criado por ela, é mãe não apenas de sua grande família, mas de toda uma comunidade.

Chicão, 89, que muito trabalhou ao longo da vida e hoje mora em uma instituição de longa permanência em São Paulo, a Casa Ondina Lobo, com pessoas que se tornaram sua família e a quem ele conquista todos os dias com sua alegria de viver. 

Gracinda Mendes da Silva Senna, 72, carioca que encontrou nas faxinas o combustível para viver e se tornou modelo e miss. Ela descobriu com a maturidade que pode fazer o que quiser.

Joãozinho Carnavalesco, 74, cantor e compositor, fez sucesso nos grupos “Trio Mocotó” e “Originais do Samba”. Ele vive uma vida simples, ansioso para voltar a trabalhar com a música, o que precisou deixar de lado com a pandemia.

Regina Maria Leite Pereira, 65, de Belo Horizonte (MG), não só dedicada ao cuidado com a família, principalmente com a sogra que tem Alzheimer, mas uma empreendedora.

Falas da Vida - Globo

Equipe

Para a diretora geral Patrícia Carvalho, o programa deve inspirar e encorajar as pessoas, mostrando a realidade das pessoas idosas, mas também a resiliência e muita disposição para viver o presente. Como ela afirma, “apesar de limitações inevitáveis, tudo ainda pode ser sonhado”.

Além de Patricia, Falas da Vida tem direção de Ivone Happ e roteiro assinado por Ines Stanisieri, com produção de Beatriz Besser e consultoria de Jorge Félix e Hamilton Vaz Pereira. Rafael Dragaud é o diretor executivo, Mariano Boni, diretor de gênero. O especial está disponível na Globoplay, com acesso também para quem não é assinante.

(Fonte: Gshow / Fotos: TV Globo/João Miguel Jr – Divulgação)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises