conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Saúde & Bem-estar

Saúde bucal na terceira idade: principais cuidados e prevenções

A população brasileira está ficando mais velha, e isto significa um aumento considerável da qualidade de vida. Deste modo, os cuidados com a saúde precisam ser intensificados. A saúde bucal na terceira idade precisa de bastante atenção, já que nessa fase da vida ocorre um enfraquecimento dos dentes e também da gengiva.

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2013, cerca de 41,5% das pessoas com mais de 60 anos já perderam os dentes. O que mostra que o cuidado com a saúde dos dentes e da boca são essenciais para uma melhor qualidade de vida.

Existem muitos problemas que podem surgir durante a terceira idade que estão relacionados com a saúde bucal, e que com acompanhamento do dentista e cobertura dos convênios odontológicos é possível tratar e acompanhar.

No presente artigo falaremos sobre os problemas e cuidados com a saúde dos dentes durante essa fase da vida.

A saúde bucal na terceira idade

O cuidado com a saúde bucal é fundamental na terceira idade, mesmo para aquelas pessoas que possuem próteses dentárias.

A escovação dos dentes com cremes dentais, o uso do fio dental e principalmente a consulta regular ao médico dentista são fundamentais para garantir qualidade de vida.

Antes do acionamento do convênio dentário por parte do idoso, é possível identificar alguns problemas relacionados com a saúde bucal e a idade, que permitem um acompanhamento mais qualificado. Abaixo citaremos alguns desses problemas.

O desenvolvimento de uma boca mais seca é comum em idosos, e existem tratamentos que podem ser recomendados para evitar esse problema e também o desenvolvimento de patologias dentais.

As próteses dentárias são comuns em pessoas da terceira idade, e para o seu uso qualitativo é necessário que se siga orientações específicas além de consultas semestrais e anuais que estão inclusos no plano odontológico, e que permitem identificar problemas e começar tratamentos. 

E problemas gengivais, que podem aparecer em qualquer idade, mas que a partir dos 50 anos pode-se agravar, principalmente por conta de doenças pré-existentes ou maus hábitos como tabagismo, uso excessivo de remédios e estresse.

Identificado algum desses fatores é preciso recorrer a um dentista que irá indicar os cuidados que devem começar a ser tomados para garantir uma boca saudável e também uma maior qualidade de vida.

Os cuidados com a saúde bucal

Neste tópico abordaremos alguns cuidados que os idosos podem tomar para garantir uma saúde mais qualificada e uma vida melhor. 

  1. Sempre esteja hidratado

Para evitar problemas como a secura da boca é necessário que o idoso sempre mantenha o corpo hidratado, e, além disso, ajuda na minimização da proliferação de bactérias na boca. 

  1. Possua uma alimentação saudável

A alimentação saudável deve estar presente durante toda a vida, principalmente por trazer inúmeros benefícios ao corpo como:

  • Melhoria do condicionamento;
  • Maior disposição;
  • Corpo equilibrado;
  • Peso em dia.

Na terceira idade o cuidado da alimentação é ainda mais fundamental, principalmente para manter os dentes mais saudáveis. O consumo de alimentos ricos em fibras e grãos, além de verduras e legumes são importantes para atingir esse objetivo.

  1. Cuidado com a escovação

As gengivas na terceira idade sofrem retração, por isso, é preciso que a escovação seja feita com escovas macias e com mais cuidado, além do uso de cremes dentais com flúor que evita a sensibilidade.

A ida ao dentista

Por fim é necessário e importante que uma pessoa na terceira idade tenha um convênio dental que lhe assegure variadas coberturas quanto ao acompanhamento dental.

Abaixo falaremos da importância de um convênio para o cuidado dos dentes e da boca de idosos.

  1. Acesso regular ao médico dentista

O idoso que possui plano odontológico facilita o seu acesso ao dentista, de modo que o acompanhamento seja constante, evitando o aparecimento de doenças.

Para idosos que usam próteses, essas consultas são importantes para indicação da melhor forma de fazer a higienização bucal, além de um tratamento mais rápido, se for identificado algum problema. 

  1. Ajuda a manter a autoestima

Com a garantia da consulta ao dentista regular, o idoso sempre manterá uma saúde bucal em dia, aumentando a confiança da pessoa, permitindo que esta tenha uma maior inclusão social. 

Entendemos, portanto, que na terceira idade os cuidados com a saúde bucal devem ser redobrados, atentando-se para a escovação, alimentação melhor, e que, a adesão a um plano odontológico é fundamental para manter consultas regulares ao dentista, garantindo o tratamento de doenças dentais e bucais.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Ideal Odonto, empresa especializada em planos odontológicos com atendimento acessível para devolver o sorriso dos pacientes.

(Imagem de JOSEPH SHOHMELIAN por Pixabay)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises