conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Sem categoria

Guia propõe boas práticas de combate ao etarismo

Iniciativa do Movimento Atualiza em parceria com a Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) visa contribuir para práticas inclusivas

Guia de Boas práticas de combate ao etarismo - Movimento Atualiza e ABA
Row of smiling pensioners making their selfie in cafe during hangout

O Movimento Atualiza lançou recentemente o Guia de Boas Práticas de Combate ao Etarismo, em parceria com a Associação Brasileira de Anunciantes (ABA). O objetivo da publicação é contribuir para a atenção aos impactos do preconceito etário e promoção de práticas e procedimentos que sejam inclusivos e que respeitem todas as gerações, independente da idade.

De acordo com os criadores do Movimento Atualiza, a iniciativa nasceu para combater o preconceito etário, que afeta jovens e idosos, indistintamente. Trata-se de um preconceito dissimulado, travestido de rejeição ou piada de mau gosto. O etarismo existe na sociedade e nas organizações e impede o fortalecimento de uma convivência intergeracional saudável e produtiva.

Na publicação, Nelcina Tropardi, presidente da ABA e vice-presidente e cofundadora da Arca+, destaca que o Guia pretende “mostrar o caminho da renovação de valores, para que as marcas deixem estereótipos no passado e possam evoluir em suas campanhas, oferecendo mais representatividade e trabalhando em prol da qualidade de vida à esse nicho tão importante da nossa sociedade, que tanto contribuiu como ainda contribui”.

Boas práticas

O Guia de Boas Práticas traz fundamentos acadêmicos sobre o etarismo como também exemplos de ações de comunicação inclusiva. A publicação ressalta a importância da intergeracionalidade e contém orientações de como enfrentar e impedir a promoção do etarismo, como um glossário antietarista.

Guia de Boas práticas de combate ao etarismo - Movimento Atualiza e ABA

O glossário propõe uma comunicação inclusiva e não discriminatória, sugerindo a substituição de expressões. Uma delas, usada frequentemente, é “Você está tão linda que nem aparenta a idade que tem…”, que pode ser trocada por “ Você está ótima com esta idade”. E ainda alerta para “piadas” que podem não parecer mas representam o preconceito como “Ah! Ele está fazendo hora extra, né? Com essa idade ainda quer trabalhar…”

O guia está disponível gratuitamente em https://aba.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Guia-Combate-Etarismo-ABA1.pdf.

Mais informações sobre o Movimento Atualiza pelo e-mail: movimento.atualiza@gmail.com

(Imagem principal: Woman photo created by pressfoto – www.freepik.com)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises