conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Saúde & Bem-estar

Falar Inspira Vida quer mudar conversa sobre depressão

Depressão Falar Inspira Vida Janssen

A causa da saúde mental nunca foi tão importante quanto nesse momento de distanciamento social causado pela pandemia de Covid-19, principalmente quando o assunto é depressão. E para mudar o tom da conversa sobre a doença, que atinge aproximadamente 12 milhões de brasileiros e é uma das principais causas de suicídio, surgiu o Movimento Falar Inspira Vida, idealizado pela Janssen, farmacêutica da da Johnson & Johnson.

A coletiva de Imprensa de lançamento do movimento, ocorreu na semana passada e foi aberta pelo chefe do Serviço de Psiquiatria da Unifesp, Jair Mari. Ele abordou a neurobiologia da depressão. Os sintomas físicos e emocionais da doença comprometem a autonomia, a liberdade e funcionalidade do paciente.

Para Jair Mari, a tristeza é uma reação natural às adversidades da vida. O sinal de alerta aparece quando o humor depressivo se torna persistente, há redução na concentração e autoestima e alterações no sono e no apetite. A depressão, de acordo com o especialista, é uma doença com características poligênicas. Dependendo das mudanças neuroquímicas são ativados determinados circuitos do paciente, o que desencadeia sintomas diferentes. Nos mais impulsivos, aumenta o risco de suicídio.

A depressão é considerada uma doença da modernidade, diante das mudanças na estrutura familiar e a alta competitividade da sociedade. A prevalência maior está nas classes menos favorecidas economicamente. O chefe do Serviço de Psiquiatria alertou que nem todos recebem o tratamento adequado, que pode incluir farmacoterapia, visitas ao médico e sessões de terapia.

Guia ajuda a ouvir e falar

O Movimento Falar Inspira Vida busca vencer o preconceito contra a depressão e seu reconhecimento como doença. Mudar o tom da conversa, observando o peso e o significado das palavras, vai ajudar quem precisa a encontrar ajuda especializada.

Uma das iniciativas é o Guia Depressão: quando saber falar e ouvir inspira a vida, que traz explicações sobre a doença, sintomas e outros transtornos. O material também traz frases que costumam ser ditas aos pacientes e que em nada contribuem para a busca por tratamento e ajuda especializada. Frases que foram tema de uma mesa redonda com representantes de parceiros do movimento.

O tom crítico diante de alterações no peso, por exemplo, que pode ser um sinal de depressão ou de outras doenças, ignora o que a pessoa esteja enfrentando. A orientação é ouvir o desabafo e se colocar à disposição. O objetivo do Guia é abrir portas para o diálogo e um ambiente acolhedor. Como disse, Fabio Lawson, diretor médico da Janssen, contribui para as pessoas saírem do silêncio e procurarem ajuda especializada.

Inês Hungerbühler, da Vitalk (aplicativo que ajuda a reduzir o estresse, ansiedade e desânimo), destacou a importância da saúde mental ser encarada como qualquer problema físico, ou seja, ao sinal de sintomas um especialista precisa ser consultado. Doenças mentais como a depressão, de acordo com ela, não são fraqueza moral, são quadros clínicos que precisam ser devidamente tratados, Frases motivacionais e pensamento positivo só reforçam o estigma e preconceito.

Impacto em idosos

Depressão idosos
Isolamento e solidão impactam idosos (Imagem de Free-Photos por Pixabay

A depressão tem um impacto significativo sobre a população idosa. Segundo Jari Mari, há um aumento da incidência da doença ao longo da vida, diante das perdas e dificuldades de memória e para manter a vida sexual. O importante, segundo ele, é a compreensão processo de envelhecimento, mantendo a mente ativa. O desafio é aceitar as perdas e ao mesmo tempo buscar projetos.

Carlos Correia, representante do CVV, contou que são recebidas ligações de pessoas idosas que não têm para quem dar boa noite. Idosos isolados do mundo ainda mais nesse período. Situações que podem levar inclusive ao suicídio. Carlos destacou a importância da valorização do idoso com demonstrações de respeito e carinho para que ele se sinta integrado.

Além do telefone 188, com a pandemia de Covid-19, o CVV conta com atendimento online via chat ou e-mail. Precisando, entre em contato.

Setembro Amarelo

O movimento chega em um momento importante, não só em razão da solidão e distanciamento social.  O dia 10 de setembro é marcado pelo Dia Mundial de prevenção ao suicídio e a campanha Setembro Amarelo (leia mais no blog). A estimativa é que aproximadamente 98% das mortes  por suicídio foram pessoas que tinham algum tipo de transtorno de humor. Em 15% a 20% dos casos, pessoas que tinham depressão.

Parceiros

O Movimento Falar Inspira Vida foi idealizado pela Janssen, e tem como membros o Centro de Valorização da Vida (CVV), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Veja Saúde, Vitalk, Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (ABRATA), Associação Crônicos do Dia a Dia (CDD) e Instituto Vita Alere de Prevenção e Posvenção  do Suicídio. (Katia Brito)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises