conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Cultura

Exposição Velhicidades destaca a velhice na pandemia

Iniciativa do Grupo de Pesquisa Velhice, Cultura e Sociedade do IFMA faz parte da programação da 19ª Semana Nacional de Museus

“A velhice em tempos de pandemia” é o tema da quarta edição da exposição Velhicidades. A iniciativa é do Grupo de Pesquisa Velhice, Cultura e Sociedade do Instituto Federal do Maranhão (GEVCS-IFMA) em parceria com o Museu da Árvore (Marvore) e faz parte da programação da 19ª Semana Nacional de Museus. Até domingo, 23 de maio, a exposição é veiculada no perfil do Instagram do GEVCS – @gerontologia.ifma.

A exposição acontece em parceria com a instituição de longa permanência para idosos Casa Happy e o fotógrafo Rivânio Almeida Santos, ancorada no patrimônio cultural da São Luís. A partir de imagens de paisagens e monumentos da cidade, os idosos da instituição receberam fotografias feitas por Santos impressas em preto e branco e as reimaginaram a partir da possibilidade de pintura com bastão de giz de cera. O intuito foi que atribuíssem um novo significado e pudessem olhar novamente para espaços onde antes do isolamento era possível transitar normalmente.

Neste processo, segundo os responsáveis, cada idoso buscou em si as imagens de um local, reimaginando e atribuindo um novo significado, a partir de seu imaginário e bagagem de vida. Com a realização da atividade, eles puderam colocar um olhar de dentro pra fora, aprendendo a lidar com o novo e deixando um pouco de si em cada imagem.

Com foco no papel transformador da arte, a iniciativa propõe dar visibilidade à velhice no contexto pandêmico, sob um viés que sensibilize para a valorização e o respeito à pessoa idosa. Um contraponto ao idadismo que se materializou ainda mais na crise sanitária, ganhando espaço principalmente no mundo digital.

A proposta da exposição se relaciona com o tema que norteia a Semana Nacional dos Museus 2021, promovida pelo lnstituto Brasileiro de Museus (Ibram): “Futuro dos Museus: recuperar e reimaginar”. Velhicidades propõe também sensibilizar para os desafios da (re)construção de narrativas que contribuam para o protagonismo social dos mais velhos como cidadãos de direitos e sujeitos do tempo presente e futuro.

A curadoria e planejamento da exposição em destaque no Instagram são dos professores Rose de Lima, Diego Lobato, Fernanda Evangelista, Maria Diniz e Andrea Frazão. A concepção e promoção é do Grupo de Pesquisa Velhice, Cultura e Sociedade (GEVCS), liderado pela professora Terezinha Campos.

(Fonte: GEVS-IFMA / Imagens: Reprodução Instagram)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises