conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Iniciativas & Projetos

Campinas (SP) lança hotsite sobre o Junho Violeta

Iniciativa da Prefeitura da cidade com foco informativo é dedicada ao mês de conscientização sobre a violência contra as pessoas idosas

Se você já viu o tema de perfil do Facebook sobre a campanha Junho Violeta saiba que trata-se de uma iniciativa da Prefeitura de Campinas, no interior de São Paulo. A cidade lançou na terça-feira, dia 1º de junho, um hotsite dedicado ao Mês de Conscientização sobre a Violência contra Idosos. O dia 15 de junho é o Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, instituído em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

Esta jornalista, Katia Brito, com o tema da campanha em seu perfil do Facebook

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas, Vandecleya Moro, “trata-se de um público em condição de vulnerabilidade, muitas vezes alvo de maus-tratos dentro de sua própria residência. O propósito é conscientizar a população sobre o problema e apresentar instrumentos para combatê-lo”.

No hotsite do Junho Violeta há materiais de divulgação para quem deseja aderir à campanha, além de links para o Estatuto do Idoso e cartilhas informativas sobre direitos da pessoa idosa e o combate à violência. A cidade também oferece o descritivo e contato de serviços de acolhimento e atendimento para esta população.

A Prefeitura de Campinas oferece serviços para acolher idosos e contribuir para a qualidade de vida dessa população. A cidade dispõe dos serviços dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), dos Centro de Referência Especializado de Assistências Social (Creas) e, na prestação de serviços de alta complexidade, das instituições de longa permanência para idosos (ILPIs) e do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (POP Rua).  

Serviços

Nos Cras são oferecidos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos para idosos, elaboração do Cadastro Único que dá acesso a programas assistenciais, orientação sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e sobre o que fazer em casos de violência doméstica e , elaboração do Cadastro Único; orientação sobre o Benefício da Prestação Continuada. O equipamento também ajuda na solicitação do Cartão Nutrir Emergencial e orienta sobre benefícios sociais e previdenciários, documentação, políticas públicas e vagas em ILPIs.

Já nos Creas de Campinas há o acompanhamento familiar, além do atendimento domiciliar para pessoas idosas e suas famílias. Em situações de alta complexidade, é verificada a necessidade ou não de internação em ILPIs, avaliando se há quebra do vínculo familiar, risco para a pessoa e/ou a violação de seus direitos. No POP Rua, pessoas em situação de rua são encaminhadas para uma das instalações que fornecem local para armazenamento de pertences, higiene pessoal, alimentação e emissão de documentos. O serviço visa também a ressocialização da pessoa idosa.  

Violência

Segundo dados do Sistema de Notificação de Violências (Sisnov) de Campinas, 90,63% dos casos de agressão a idosos ocorrem dentro de casa. O número de casos registrados no ano passado caiu 10,53%, de 114 para 102, mas, de acordo com a Prefeitura, os especialistas temem que esse número seja resultado de subnotificação por causa da pandemia de covid-19. Dados que reforçam a importância do Junho Violeta.

Os dados do Sisnov também evidenciam que, entre os idosos, as mulheres são as maiores vítimas de violência, representando 80% dos casos, contra 20% dos registros em que o homem é vítima. O sexo feminino sofre 4 vezes mais situações de violência que o masculino.   “É preciso romper o ciclo do abuso e violência entre gerações. Temos de fazer do convívio uma experiência de afeto e sensibilidade”, concluiu Vandecleya Moro.

(Fontes: Prefeitura de Campinas e Defensoria Pública do Estado do Paraná / Imagem principal: Reprodução)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises