conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Colunistas

Algo além da letra

Além da letra Maria Anastácia Manzano música

Maria Anastácia Manzano*

Que saudades da professorinha / Que me ensinou o be-a bá (Ataulfo Alves)

Sou uma pessoa que gosta de estudar. Digo que meu vício é fazer cursos, mas como vício tem conotação negativa, com licença do grande Suassuna, vou usar a palavra hobby. A verdade é que se não estou fazendo algum curso no momento, estou incomodada. E o hobby, neste caso, vai muito além da simples diversão ou passatempo. Podem ser cursos curtos, como alguns específicos na área de musicoterapia, que duram um ou dois finais de semana, ou mais longos, como o de Especialização em Gerontologia que estou cursando agora. O fato é que adquirir conhecimentos para mim é um prazer e esta prática me ajuda muito a superar momentos de isolamento e solidão.

Com isso fico encantada com certas canções que trago desde a infância onde os compositores demonstram um esforço extra, além da inspiração do tema, um trabalho especial com a letra. Vou ser mais clara e compartilhar minhas preferências com vocês.

Luiz Gonzaga ensina o sertanejo o A B C do sertão de uma forma tão linda que para mim traz o sonho de um país letrado.

A interessante canção onde todas as palavras começam com a letra P conheci na voz de Almirante, na vitrola da casa de meu saudoso avô.

Quem nunca ficou alterado quando apaixonado? Noel Rosa gaguejou e talvez se seu gracioso sambinha fosse escrito nos dias de hoje recebesse uma crítica ferrenha. Mas gaguejar por amor, de novo, quem nunca…?

Que aula sobre saúde nos apresenta Alvarenga e Ranchinho com as desventuras da pobre moça em Drama de Angélica. Além do destino da protagonista a cadência da música é marcada pelas proparoxítonas ao final de cada verso. Na voz da dupla caipira a diversão é garantida.

Para finalizar, quero recordar os meus tempos de professora, lá no interior desse Brasilzão com uma canção, não tão elaborada, mas igualmente educativa. Uma aula de taxonomia vegetal com Djavan: A farinha é feita com uma planta da família das Euforbiáceas … Existirá outra família vegetal exaltada em verso e música? Genial, não?

Conte-me quais são as suas canções especiais. Aquelas que você sente que o compositor fez um esforço a mais, que ele quis mostrar seu capricho com uma coisa especial. Boa audição e bons estudos!

*Maria Anastácia Manzano

Colunistas Maria Anastácia Manzano Brincar com música

Especialista em Musicoterapia, dirigente de Dança Sênior e em breve gerontologista, Maria Anastácia Manzano é colunista do blog Nova Maturidade. As publicações serão quinzenais, mas temporariamente contaremos toda semana com um texto que vai trazer mais música para este momento de distanciamento social. Confira o currículo completo desta talentosa mulher e a primeira coluna Brincar com música: para além do cantar no link. Leia também Cantar como passarinho que também fez sucesso por aqui.

Quer falar com a nossa colunista? Envie um e-mail para anastacia@novamaturidade.com.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises