conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Eventos

Velhices e políticas públicas em debate na Unip no dia 8

Longevidade, velhices e envelhecimento em debate

“Cotidianos das velhices: conflitos e conquistas” serão debatidos no dia 8 de junho (sábado), das 9 às 17 horas, no campus Vergueiro da Universidade Paulista (Unip), na capital. O evento promovido pelo Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) tem como objetivo criar um espaço de reflexão e incentivar a responsabilidade e o compromisso dos profissionais da área, defendendo a necessidade de mudanças culturais quanto à velhice, envelhecimento e longevidade. As inscrições são gratuitas.

A abertura será feita por Beatriz Borges Brambilla, conselheira do CRP-SP, e contará com a apresentação da Corporação Musical São José. Em seguida, haverá o debate “Envelhecer: privilégio ou castigo?” com a participação de Maria Helena Vilas Boas Concône, professora do Departamento de Antropologia da PUC-SP e dos programas de pós-graduação em Ciências Sociais e Gerontologia, da mesma universidade; Natália Carolina Verdi, advogada especialista em Direito Médico e mestre em Gerontologia pela PUC-SP, e José Carlos Ferrigno, mestre e doutor em Psicologia Social pela USP e especialista em Programas Intergeracionais pela Universidade de Granada. Na pós-graduação em Gerontologia pela Faculdade Paulista de Serviço Social, tivemos uma aula com o professor Ferrigno agora em maio e foi maravilhoso. É um excelente professor e referência nas relações entre as diferentes gerações, a intergeracionalidade.

Professor Ferrigno em aula na pós-graduação em Gerontologia no dia 18 de maio

A mediação será de Ruth Gelehrter da Costa Lopes, psicóloga e coordenadora do Núcleo de Estudo e Pesquisa do Envelhecimento da PUC-SP. Depois do intervalo do almoço, a programação retornará com os grupos do Núcleo de Convivência de Idosos Viver Melhor e Harmonia da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Casa Pintada, ambos da Zona Leste da capital.

O debate no período da tarde terá como tema “Políticas Públicas para a velhice”, reunindo a professora Rosa Chubaci Yuka Sato, coordenadora do curso de bacharelado em Gerontologia da USP; Diego Felix Miguel, professor de graduação e pós-graduação em disciplinas nas áreas de Gerontologia, Saúde Pública e Arte educação, e Valdemar Donizeti de Souza, psicólogo com doutorado em Psicologia e Políticas Públicas. Rita de Cássia Oliveira Assunção, integrante da Comissão de Políticas Públicas do CRP-SP. Também já tive a oportunidade de conferir a participação da professora Rosinha em outras eventos e ela provoca a reflexão realmente, como no caso das Instituições de Longa Permanência para Idosos que hoje vejo com outros olhos, como uma alternativa de cuidado adequado e profissional na velhice. Uma das últimas atividades do evento será uma oficina de arte-terapia com argila, ministrada pelo Coletivo Saci. As vagas são limitadas. (Fonte: Conselho Regional de Psicologia de São Paulo – CRP-SP/Imagem de Анита Морган por Pixabay)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Eventos

O Programa Vem Dançar, iniciativa da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), terá neste ano um...

Notícias

Medida adotada pela prefeitura da capital, que entrou em vigor em fevereiro, vem gerando questionamentos por ter retirado um direito adquirido de idosos com...