conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Notícias

Vacinação para grupos 70+ é antecipada em São Paulo

A imunização contra covid-19 para idosos com idade entre 72 e 74 anos deve começar nesta sexta-feira no Estado; para as pessoas com idade entre 70 e 71 anos, a previsão é que as vacinas sejam aplicadas no dia 29

Vacinação tem sido nos postos de saúde e também no sistema drive-thru

A vacinação contra covid-19 para idosos com idade entre 72 e 74 anos foi antecipada e deve começar nesta sexta-feira, dia 19 de março, no Estado de São Paulo. O anúncio foi feito na quarta-feira. Dados do Plano Estadual de Imunização (PEI) indicam que são cerca de 730 mil pessoas nesta faixa etária que receberão a primeira dose da vacina.

A recomendação do governo estadual é evitar o acúmulo de filas, utilizando o aplicativo vacinajá, o que deve garantir a fluidez no atendimento. É importante estar atento aos informes da prefeitura de cada cidade. A vacinação no Estado começou em janeiro com foco nas pessoas 90+.

Ainda neste mês de março, dia 29, também deve ter início da vacinação para pessoas de 70 e 71 anos, o que representa, segundo o governo do Estado, um total de 4,9 milhões de pessoas com vacinação garantida, somando todos os públicos já anunciados.

Vacinas

Na quarta-feira (17), o Instituto Butantan liberou mais 2 milhões de doses de vacina, totalizando, apenas nesta semana, a liberação de 5,3 milhões de doses da vacina contra o coronavírus ao (Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. Ao longo do mês, foram 9,1 milhões de vacinas.

Até o final de abril, o número de vacinas garantidas por São Paulo ao país somará 46 milhões. O Butantan ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades.

Pré-cadastro

O pré-cadastro no site “Vacina Já” (vacinaja.sp.gov.br), de acordo com o governo do Estado, economiza 90% no tempo de atendimento para imunização, levando de 1 a 3 minutos para quem preencheu o formulário. Presencialmente, em média, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos. A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina.

(Fonte e Imagem: Governo do Estado de São Paulo)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Notícias

Medida adotada pela prefeitura da capital, que entrou em vigor em fevereiro, vem gerando questionamentos por ter retirado um direito adquirido de idosos com...

Eventos

O Programa Vem Dançar, iniciativa da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), terá neste ano um...

Notícias

Profissionais fundamentais para a população idosa, os cuidadores de idosos domiciliares precisam ser incluídos no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. Na luta...