conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Saúde & Bem-estar

Vacinação contra a gripe será ampliada em São Paulo

De acordo com o governo do Estado, a adesão foi baixa na população idosa e está abaixo da média, com apenas 55,2% de vacinados

vacinação contra a gripe

O Estado de São Paulo vai ampliar a campanha de vacinação contra a gripe a partir de segunda-feira, dia 12 de julho. A fase dos grupos prioritários terminou na sexta-feira, com baixa adesão, principalmente entre as pessoas idosas. De acordo com o governo do Estado, foram aplicadas quatro milhões de doses, o que equivale a apenas 55,2% da cobertura vacinal desta faixa etária da população. Se você tem mais de 60 anos e ainda não se vacinou, procure uma unidade de saúde.

Um balanço divulgado na segunda-feira (5) revelou que, desde o início da campanha, no dia 12 de abril, apenas 8,4 milhões de doses foram aplicadas nos públicos-alvo, correspondendo a uma cobertura vacinal de 45,9%, entre um total de 18 milhões de pessoas. Com exceção dos indígenas – único grupo a atingir 100% de cobertura -, todos os demais públicos têm coberturas inferiores a 65%. A população idosa está abaixo dessa média com pouco mais de 50%.

Seguindo a legislação, devem ser priorizados nas salas vacinais os idosos com mais de 80 anos e há triagem diferenciada e orientações para quem apresentar sintomas respiratórios. Em 2020, o Estado de São Paulo registrou 809 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) atribuíveis ao vírus Influenza e 119 óbitos.

Quem também estiver entre os públicos da vacinação contra covid-19 deve respeitar um intervalo de 14 dias para receber a vacina da gripe. Se houver interesse em intercalar o cronograma, como o imunizante contra o novo coronavírus é aplicado em duas doses, é possível receber a primeira, aguardar 14 dias para receber a da gripe, e depois esperar no mínimo mais 14 dias para receber a segunda dose contra covid-19.

Respeitando os protocolos de prevenção, as salas de vacinação deverão manter organização do ambiente e evitar aglomerações, com distanciamento entre mesas e profissionais e pacientes, além da disponibilização de álcool para higienização das mãos. A aplicação da vacina contra a gripe deve ocorrer em sala distinta da reservada para imunização contra covid-19.

(Fonte: Governo do Estado de São Paulo / Foto: Gilberto Marques – Governo do Estado de São Paul – Divulgação)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises