conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Iniciativas & Projetos

Pré-Congresso vai debater saúde, proteção e participação

happy diverse coworkers of different ages joining hands together in workspace
Photo by Andrea Piacquadio on <a href="https://www.pexels.com/photo/happy-diverse-coworkers-of-different-ages-joining-hands-together-in-workspace-3931549/" rel="nofollow">Pexels.com</a>

O V Congresso Municipal sobre Envelhecimento Ativo está confirmado para o dia 12 de setembro, com transmissão totalmente online diretamente da Câmara Municipal de São Paulo. Os debates, porém, começarão no dia anterior com o o Pré-Congresso Envelhecimento Ativo – Cidade Amiga do Idoso, também virtual. Saúde, proteção e participação são eixos dos debates. As inscrições serão abertas em breve. Saiba mais no site envelhecimentoativo.net.br.

Os primeiros debates serão centrados no Eixo Saúde, começando pelas necessidades e recursos para o idoso com demência. A coordenadora da mesa de abertura será a Mestre em Gerontologia e coordenadora da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz) – Regional São Paulo, Joelita Bez. A palestra “Demência no Brasil: Quando o esquecimento pode ser um problema?” com Ceres Ferretti, coordenadora do Programa de Educação em Demência e Assistência ao Cuidador (HC-FMUSP), vai abrir o debate.  

Ainda na primeira mesa, Carmen Ponce, do Grupo de Apoio Interdisciplinar em Alzheimer (GAIA) e da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz), falará sobre “Estratégias e ações implementadas na cidade de São Paulo para o idoso com demência”, e Fabiana Satiro, que atua em ensino e pesquisa em Gerontologia sobre “Atividades realizadas pelo cuidador para a pessoa com demência”. 

Marília Sanchez, docente em cursos de especialização em Gerontologia, coordenará a mesa seguinte, com foco nos aspectos legais e sua relação com os cuidados e com o cuidador. “Adoção de idosos e curatela: Soluções para o século XXI” será o tema abordado por Adriana Zorub Leal, professora, palestrante e escritora de artigos sobre Direitos Humanos da Pessoa Idosa, e Alessandra Negrão Martins (foto/Mediando Gerações), Mestre em Gerontologia e especialista em Direito Civil e Processual Civil, destacará “A mediação de conflitos como alternativa à judicialização”.

Marisa Accioly Domingues, que atua na área de Envelhecimento, Suporte Social e Políticas Públicas, será a última palestrante da segunda mesa, com o tema “Rede de Cuidados e Age In Place – Envelhecer na comunidade é possível”.

Eixo Proteção

A terceira mesa do Pré-Congresso terá como foco o Eixo Proteção e destacará espaços ao ar livre, edifícios, transporte, habitação e participação social, com a coordenação de Leila Castro, supervisora do Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação do Instituto Jô Clemente (angita APAE de São Paulo).

As palestras serão de Marcela Correa, pesquisadora de temas relacionados à apropriação do espaço público no meio urbano, sobre “Ocupação de espaços comunitários e mobilidade urbana” e “Moradia, estrutura, projeto, localização e escolha – Apresentação de case em Belo Horizonte”, com a arquiteta Flávia Ranieri (foto – leia mais sobre ela aqui).

Maria Luísa Trindade Bestetti, especialista em ambiência, acessibilidade e gerontologia ambiental, fecha as palestras da mesa de debates com o tema “Ambiência e a construção da cidade para o envelhecimento saudável”.

Eixo Participação

A última mesa terá como foco o Eixo Participação, destacando os recursos existentes na comunidade, que possibilitem ao idoso um maior envolvimento. A coordenação caberá à Vera Caovilla, palestrante e consultora nos temas demência, família e cuidados. “O estudo e o idoso” será o tema da palestra de Egídio Dórea, coordenador da USP 60+, que recentemente lançou o livro “Idadismo – Um mal universal pouco percebido” (saiba mais no blog).

Outras palestrantes da mesa final do Pré-Congresso são Silvia Naccache, palestrante e consultora nas áreas de voluntariado, responsabilidade social, desenvolvimento sustentável e terceiro setor, sobre “O voluntariado na terceira idade”, e Antonio Leitão, gerente do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, sobre “Como as empresas estão pensando o idoso ativo”. (Katia Brito / Imagem Pexels)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises