conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Saúde & Bem-estar

Massagem e qualidade de vida na terceira idade

Massagens relaxantes trazem benefícios

Estima-se que uma pessoa viva até os 76 anos nos dias de hoje, mas, para chegar a essa idade bem e com qualidade de vida, é preciso redobrar os cuidados com a saúde. A dra. Thais Ioshimoto, geriatra do Hospital Albert Einstein, afirma que, para usufruir da velhice, é preciso fazer uma “Previdência da Saúde”: alimentando-se de forma adequada, praticando exercícios físicos e mantendo ativas as atividades sociais.

Além das recomendações básicas para a obtenção de uma vida saudável, a especialista ainda indica uma técnica pouco explorada por quem já passou dos 60 e quer manter o bem-estar: receber massagens. “Independentemente da técnica, a massagem confere muita qualidade de vida para os idosos. Na parte clínica, a mais indicada é a drenagem linfática, mas outras massagens, como a relaxante, por exemplo, também trazem inúmeros benefícios”, ressalta.

Criadora método de massagem que leva seu nome, a esteticista Renata França conta que a drenagem linfática é capaz de combater a retenção de líquidos, reduzir edemas e ajudar o corpo a eliminar toxinas, enquanto a massagem relaxante é ideal para aliviar dores musculares, combater o estresse e a ansiedade, aumentar a circulação sanguínea e melhorar o funcionamento do sistema imune.

“Os benefícios da massagem alcançam pessoas de todas as idades e vão além dos ganhos na saúde. O contato físico e a conversa, por exemplo, são ferramentas terapêuticas que contribuem para o resgate, em muitos casos, da autoestima das pessoas de terceira idade, além de reforçar a identidade delas. Isso prova que a massagem proporciona benefícios não apenas fisiológicos, mas também psicológicos às pessoas”, diz Renata.

Embora não haja restrições quanto à faixa etária, Thais alerta que pacientes hospitalizados, acamados e/ou com doenças ou fragilidades musculares não devem receber massagens. É importante lembrar que a realização segura do procedimento requer o exercício por um profissional capacitado, respeitando as especificidades de cada pessoa e seguindo sempre as orientações do médico responsável pelo paciente. (Fonte: Renata França Spa / Imagem de Heike Frohnhoff por Pixabay)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises