conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Saúde & Bem-estar

Junho laranja: prevenção à anemia e leucemia

Campanha Junho laranja anemia leucemia

A campanha Junho Laranja é dedicada à prevenção e ao tratamento da anemia e da leucemia.  A anemia é definida como a deficiência da hemoglobina, que é responsável pelo transporte de oxigênio para todo o corpo humano. “Existem vários tipos de anemias e podemos classificá-las de acordo com sua origem: anemias de causas hereditárias e/ou anemias de causas adquiridas”, explica o dr. Paulo Roberto Bortolotti, hematologista e prestador de serviços do Hospital América de Mauá, localizado na região do ABC, em São Paulo.

Os principais sintomas de uma síndrome anêmica são cansaço, fadiga e perda de energia para realizar atividades habituais. “Os principais fatores de risco para a doença na infância são a deficiência de ferro e a presença de verminoses. Já na população adulta, é a perda de ferro, principalmente nas mulheres durante fluxo menstrual exacerbado. Nos idosos, a anemia acontece pela perda de sangue através do aparelho digestivo”, esclarece o hematologista.

Para o diagnóstico das anemias, de acordo com o especialista, é necessário analisar a história clínica do paciente, associando-a a um exame físico minucioso, além de realizar exames laboratoriais: “Inicialmente para o diagnóstico de anemia é necessária a realização de um hemograma. A partir do hemograma, existem inúmeros exames a serem feitos para caracterizar o tipo de anemia”.

Leucemia

Já a leucemia, que também integra a campanha do Junho Laranja, é uma neoplasia sanguínea que apresenta mais de 12 tipos, sendo os quatro primários: leucemia mieloide aguda (LMA), leucemia mieloide crônica (LMC), leucemia linfocítica aguda (LLA) e leucemia linfocítica crônica (CLL).

Como explica o hematologista, “as leucemias agudas (LMA) são mais sintomáticas, levando o paciente a procurar atendimento hospitalar. Entre os sintomas estão cansaço, fadiga causada pela anemia, febre, infecções ocasionadas pela leucopenia, ou sangramentos resultantes da plaquetopenia. Já as leucemias crônicas podem inicialmente não apresentar sintomas, sendo detectadas comumente em exames laboratoriais rotineiros”.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2020, no Brasil, são estimados 10.810 casos da doença, sendo 5.920 em homens e 4.890 em mulheres. “Os principais fatores de risco para a leucemia aguda (LMA) estão intimamente relacionados a síndromes genéticas, quimioterapia alquilante ou ao uso ou à exposição ambiental de agentes químicos como benzeno e radiação ionizante”.

O especialista alerta que “é importante se atentar para o aparecimento de manchas roxas na pele, presença de gânglios cervicais ou inguinais não dolorosos, presença de febre vespertina sem sinais de infecção, sintomas de cansaço e fadiga persistente e perda de peso”.

Para prevenir as duas patologias, existem alguns cuidados que devem ser tomados. “Devemos manter hábitos saudáveis, adotar uma boa alimentação e praticar atividades físicas frequentes, para manter a saúde física e mental”, finaliza.

Violeta

O mês de junho também tem a cor violeta pela campanha de combate a violência contra a pessoa idosa, especialmente o dia 15 de junho. A data, instituída em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), marca o Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, um movimento que precisa se estender ao longo de todo ano. Em breve uma matéria especial no blog Nova Maturidade. (Fonte e imagem principal: Hospital América de Mauá)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises