conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Cultura

Entretodos terá abertura com o primeiro DJ do Brasil

Osvaldo Pereira abre programação do Entretodos

Entretodos 13 – Festival de Filmes Curtos e Direitos Humanos, reconhecido internacionalmente como uma importante plataforma de valorização da cultura, educação e difusão dos direitos humanos, começa no domingo, dia 13 de setembro e segue até o dia 19. A abertura do evento gratuito e online, às 15 horas, contará com show de Osvaldo Pereira, o primeiro DJ do Brasil, que continua na ativa aos 85 anos e é tema de um dos curtas da programação.

Os filmes do festival estarão disponíveis no site, distribuídos em atividades diárias e cinco sessões da Mostra Competitiva de 14 a 18 de setembro sempre às 18 horas – com exceção de quinta-feira, dia 17, quando acontece será às 16 horas – transmitidas pelas redes sociais e seguidas por bate-papos com diretores e participação do público. Além disso, haverá exibições com debates sobre temas, como educação, pandemia, sistema prisional e trabalho.

O show de Osvaldo Pereira (foto), o primeiro DJ do Brasil, hoje com 85 anos, vai abrir o evento na tarde de domingo. Amante da música desde a infância, ele criou um sistema de som na década de 1950, que deu início ao baile “Orquestra Invisível Let’s Dance”, se tornando o primeiro DJ do Brasil.

Os eventos de gala da época proibiam a participação da população negra e periférica, principalmente por conta dos altos preços dos ingressos. A história de Osvaldo é retratada no filme “Orquestra Invisível Let’s Dance”, que fala de sua importância para o movimento negro brasileiro. Como prévia do evento, o curta dirigido por Alice Riff foi exibido na noite de quarta-feira no Cineclube Entretodos.

Confira a entrevista da diretora e da produtora Bianca Macedo ao canal Curta Kinoforum.

Mostra Competitiva

O anúncio dos vencedores entre os 34 participantes da Mostra Competitiva do Entretodos 13 acontece no dia 19 de setembro, às 17 horas, na cerimônia de encerramento do festival com transmissão pelo Youtube e site. Além dos jurados técnicos haverá um Júri Popular em que o público poderá votar no site do evento. Serão distribuídos prêmios de até R$ 5 mil.

Na Mostra Moçada, que pela primeira vez na história do evento será competitiva, serão premiados os melhores filmes nas seguintes categorias: Melhor Curta Infantil; Melhor Curta Juvenil; e Melhor atuação (troféu/prêmio não-remunerado) com o objetivo de incentivar atores menores de 18 anos.

Os filmes da Mostra Moçada (dividida nos blocos Juventude e Infantil) provém do mundo todo, e dão destaque para animações e filmes que destacam atores menores de 18 anos. Os blocos Juventude e Infantil acontecerão em todos os dias do festival, no Instagram, com lives com os diretores às 14, 15 e 16 horas.

A programação completa também estará disponível na plataforma SPCINEPLAY, entre 17 e 26 de setembro. O festival ainda conta com um podcast, que aprofunda algumas temáticas trazidas pelos filmes. O evento é realizado pela Prefeitura de São Paulo, Spcine e ESTATE Produções. Mais informações: www.entretodos.com.br.

Direitos Humanos

A curadoria do Entretodos 13 teve o cuidado de selecionar filmes curtos que promovam o debate sobre diretos humanos, como participação social, direito à moradia, à vida, à igualdade social, orientação sexual, processos migratórios, direitos da juventude, idosos, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, ativismo político, ambiental entre outros.

O evento promove reflexões sobre a importância da garantia de direitos para toda a sociedade, discutindo os direitos humanos de forma artística e transversal, não apenas didática. Para isso, utiliza os filmes para inspirar a sociedade nessas temáticas.

Em um momento que muito se discute a importância da democracia, da cultura e do conhecimento, é fundamental a disseminação de conteúdos claros e de qualidade sobre os diversos assuntos que mais impactam a vida dos brasileiros.

“Essa pandemia está escancarando a realidade de desigualdade e intolerância do Brasil. Isso só reforça a necessidade da garantia dos direitos humanos. Apesar de distantes, este ano estaremos mais conectados e fortes do que nunca. É isso que pretendemos passar com a realização de ações em diversos canais de comunicação”, afirma Jorge Grinspum, coordenador do Entretodos. Acesse aqui a programação completa.

(Fonte e fotos: Entretodos 13)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Eventos

O Programa Vem Dançar, iniciativa da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), terá neste ano um...

Notícias

Medida adotada pela prefeitura da capital, que entrou em vigor em fevereiro, vem gerando questionamentos por ter retirado um direito adquirido de idosos com...