conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Notícias

Dicas para viver mais e melhor com Mirian Goldenberg

Empatia e sensibilidade fundamentais para os velhos de hoje e de amanhã. A afirmação é da antropóloga Mirian Goldenberg que, no dia 20 de dezembro, esteve em Mogi das Cruzes para uma palestra no Hospital Municipal da cidade. E o blog Nova Maturidade acompanhou sua volta às terras mogianas, mais uma vez na companhia do médico Nobolo Mori, de 95 anos, e de seu filho, Sidnei Mori, que atualmente é diretor do hospital. Veja a matéria sobre a primeira passagem de Mirian por Mogi clicando aqui.

Desta vez o tema da palestra de Mirian Goldenberg foram os cuidados para envelhecer e a pessoa idosa. Dicas práticas para viver mais e ser mais feliz. O primeiro deles foi respeitar o NÃO e ter cuidado para não cercear sonhos e anseios. Para ela, é preciso entender que há muitas coisas que os idosos não querem fazer e têm o direito de não querer, como há coisas que eles querem. O segredo está na ESCUTA com interesse real, sem distrações como o celular. Às vezes, como disse Mirian, falta aos idosos com quem conversar, e o ambiente familiar pode ser sinônimo de controle e violência, seja física, psicológica ou financeira.

Outro ponto foi abordado foi a importância da AMIZADE. Mirian, que hoje pesquisa os nonagenários faz questão de contar que seus amigos têm todos mais de 90 anos. Segundo ela, esses amigos mais velhos só trazem coisas boas, porque querem aproveitar bem a vida. E para aproveitar bem a vida é preciso ter um PROJETO DE VIDA, ou seja, um motivo para levantar da cama todos os dias mais animada, seja para aprender algo novo, viajar, realizar um sonho. Uma decisão do próprio idoso e não definido por um familiar ou cuidador.

Para atender todos estes cuidados, é fundamental desenvolver a EMPATIA e SENSIBILIDADE. Como disse Mirian Goldenberg, é preciso prestar atenção no outro, tirar o foco de nós próprios e colocar no outro. E nesse sentido também é preciso apreciar, saborear a vida, ter prazer em viver, o que ela resumiu na palavra em inglês ENJOY. A alegria de viver associada ao tempo, um tempo que é apreciado, curtido, não é desperdiçado.

A manutenção da INDEPENDÊNCIA também é muito importante para os idosos, de acordo com a antropóloga. A independência física, reduzindo, por exemplo, o risco de quedas que pode acabar com a mobilidade, e também mental, mantendo o cérebro ativo. E o segredo para uma viver mais com mais qualidade de vida, o AMOR. Mirian destacou uma pesquisa de Harvard que apontou que pessoas com relações afetivas de qualidade são mais felizes. O amor, segundo ela, gera felicidade e longevidade.

Para viver bem, de acordo com Mirian, às vezes é preciso uma faxina, se desligando de pessoas que não fazem bem para a saúde, que só reclamam e criticam, querem controlar. A sugestão é ligar um botão imaginário, o botão do Foda-se!, destaque em seu livro mais recente “Liberdade, Felicidade & Foda-se!” (Editora Planeta). Não se trata de um xingamento, mas de dizer para si mesmo que aquilo não importa. A pessoa idosa é dona de sua vida, do seu corpo, do seu dinheiro, do seu destino, como bem destacou Mirian.

E nada melhor que RIR, de forma a se distanciar do sofrimento inevitável, rir de nós mesmos, não se levar tão a sério; ter GRATIDÃO pela vida, pela saúde, pelos amigos; o poder da MÚSICA para viver bem, para até mesmo auxiliar na recuperação de um paciente, e o voltando ao ponto de partida, estar aberto para ESCUTAR, para trocar aprendizados. (Katia Brito)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises