conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Iniciativas & Projetos

Criativa Idade: aprendizado entre gerações

Turma do Criativa Idade

Nem terceira idade, nem melhor idade, que tal Criativa Idade? Este foi o nome escolhido pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) para o curso intergeracional voltado para o público 60+. As aulas da sexta turma começaram em agosto de 2019 e no dia 17 de setembro o blog acompanhou uma delas. No momento estão abertas inscrições para a sétima turma, que começa em março de 2020. Veja como participar no site.

Os encontros acontecem semanalmente nas tardes de terça-feira. No dia 17, o grupo de aproximadamente 50 pessoas recebeu o maestro Kleber Mazieiro, professor da ESPM e regente do coral da instituição. E em uma tarde muito divertida, na prática aprenderam sobre canto e o funcionamento de um estúdio de som. O técnico de som Gustavo Rocha também participou da atividade.  

Leda Maria Monteiro Nogueira Vieira, de 61 anos, é uma das alunas. Psicóloga, fez carreira na área de Recursos Humanos e atualmente mora em Itatiba, no interior de São Paulo. Semanalmente ela se programa para comparecer às aulas no campus da ESPM, na Vila Mariana, na capital. Ela conheceu o curso por meio de um grupo de WhatsApp formado por ex-alunos de Psicologia da FMU.

“Estamos formados há mais de 30 anos e sempre que há alguma atividade, curso ou evento que seja de interesse do grupo é divulgado. Quando vi e li a proposta, eu achei muito interessante. Era exatamente o que eu estava procurando, trabalhar alguns aspectos da criatividade, a elasticidade cerebral, a parte de vídeo, filmes”, conta Leda.

A aluna do Criativa Idade destaca a experiência de compartilhar as aulas teóricas e práticas e oficinas com pessoas de idades tão diversas. “Estou me sentindo muito bem. Está trazendo um grande fortalecimento intelectual, cada vez que eu venho é uma motivação maior. Eu recomendo. Foi um grande presente que eu me dei nesse final de ano”, afirma. Manoel Carlos Conti, do Magazine 60+, já entrevistado pelo blog também faz parte da turma (leia a matéria aqui).

O mais experiente da sexta turma é Edson Frazão, de 85 anos. O comerciante aposentado foi pioneiro no segmento de cortiça (usada em painéis de recado e isolamento térmico e acústico) na capital, sendo que a primeira loja de 1972 continua aberta sob o comando de um de seus irmãos. Edson também trabalhou com marcenaria e comandou por 20 anos um restaurante e pizzaria.

Aposentado há 20 anos e morando sozinho, o aluno do Criativa Idade preenche seu tempo com as atividades semanais e a companhia de outros 60+. “Estou gostando, é muito bom”, destaca. Pai de três filhos, uma delas é Solange Frazão, 56, musa fitness de sucesso nos anos 1990, que hoje dá palestras motivacionais e tem produtos licenciados. Edson sempre a incentivou. Quando ela tinha 14 anos, percebendo a vocação para a Educação Física, equipou uma sala para que Solange ensinasse balé.

ESPM

O Criativa Idade se soma aos muitos projetos de responsabilidade social da ESPM. São quase 20 anos da ESPM Social, conhecida como uma agência de voluntariado universitário, e há aproximadamente três anos foi criado o Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental (CEDS), comandado pelo professor Marcus Nakagawa. E foi por meio do CEDS que surgiu o curso voltado para o público 60+. A idealizadora e professora do Criativa Idade é a arteterapeuta, pedagoga, psicopedagoga e mestre em reabilitação e inclusão social, Jane Barreto.

Antes do curso, segundo Marcus, havia muitos projetos internos na instituição, como as pesquisas sobre mídia, consumo e envelhecimento realizadas pela professora dra. Gisela Castro, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Consumo (PPGCOM). Ela foi entrevistada pelo blog em maio durante o Fórum Mercado Grisalho (acesse aqui). A partir destas iniciativas que já existiam surgiu o Criativa Idade .

O compartilhamento de experiências entre os alunos 60+ é um dos ganhos do projeto para o coordenador do CEDS. “É uma experiência para essas pessoas que se inscreveram e não têm nenhum custo. A ESPM entende como um projeto de responsabilidade social e tem esse relacionamento com esse público que muitas vezes é marginalizado e esquecido. São novas amizades, novos encontros, discutindo o aprender aprender. Uma troca de experiência, convivência, é voltar à sala de aula”, destaca Marcus. E a cada terça-feira, a cada aula, um novo tema com diferentes dinâmicas ocupando espaços diversos da ESPM como a ludoteca, estúdios e a sala de games.

Gerações

O principal foco do Criativa Idade, de acordo com Marcus, são os ganhos do encontro de gerações, a intergeracionalidade. A cada semestre oito alunos voluntários se dedicam exclusivamente ao projeto, e além deles na aula de tech outros estudantes se candidatam para se tornarem tutores dos 60+. A ideia é que eles compartilham a experiência em tecnologia e redes sociais que respiram no dia a dia. Professores, como Kleber Mazieiro, também são voluntários.

Para Marcus, o curso permite que os alunos 60+ percebam que são capazes, se entendam como donos da própria vida e que é possível continuar caminhando e aprendendo. E o encontro de geração ensina sobre empatia e quebra de estigmas. “Tem toda essa coisa do idoso fofinho, bonitinho e vai ver o cara que está sentado lá foi o ex-diretor de uma mega agência de publicidade, foi presidente de uma multinacional. Há todo aquele conhecimento e naquele momento eles (voluntários e alunos do Criativa Idade) têm uma relação bem interessante”, avalia.

Futuro

Neste primeiro momento como curso semestral, o Criativa Idade pode ganhar outro formato em breve. “Nosso sonho mais adiante é montar um curso mesmo. A gente não sabe ainda o que é, mas existe essa vontade por parte dos alunos também”, conta Marcus. (Katia Brito)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises