conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Iniciativas & Projetos

Coletânea “Amo Minha Idade” trata do universo feminino e maturidade

Amo Minha Idade Bete Marin Edna Perrotti

Mulheres de 50 a 92 anos, ativas e produtivas, expuseram seu amor pela maturidade que vivenciam na coletânea “Amo Minha Idade”, organizada por Edna Perrotti e Bete Marin. “Esta ideia foi da minha parceira e editora do blog amominhaidade.com.br e surgiu durante o evento Longevidade Expo + Fórum (leia sobre o evento realizado em 2019 aqui) ao sermos questionadas por algumas visitantes no nosso estande sobre conteúdo impresso”, conta Bete.

O desafio foi aceito e o livro “Amo Minha Idade” é a primeira obra de que Bete participa. “Apesar de ser um grande desafio porque eu não tinha experiência, me senti segura e confiante porque a Edna é super experiente e já escreveu vários livros. Nós também tivemos o apoio da Unibes Cultural, com o Bruno Assami nos dando mentoria e nos ajudando a encontrar mulheres que pudessem participar do projeto”, conta.

Amo Minha Idade Coletanea

Para selecionar as escritoras da coletânea, as organizadoras fizeram uma lista de perfis de mulheres 50+ que gostariam que participasse e fizeram os convites, contando também com indicações e recomendações. Não houve nenhum concurso. Todos os textos foram aceitos. Entre as 33 autoras, Mirian Goldenberg (que já foi entrevista pelo blog Nova Maturidade), Norma Blum, Maria do Céu Formiga, Etel Frota e Vera Melo.

Com tantas vivências diferentes, a diversidade, segundo Bete, é a principal característica da coletânea “Amo Minha Idade”. De acordo com ela, pelo título e tema do livro, alguns pontos em comum surgiram como o grau de intimidade e verdade da maioria das narrativas, a coragem de se expressar de forma aberta; um questionamento, inconformismo e segurança pelas escolhas; e um tom de deixar um legado, não um conselho. As autoras falaram de sexualidade, beleza e retrospectiva de vida, entre outros assuntos.  

O lançamento do livro foi feito no evento Beleza Pura, realizado no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, na Unibes Cultural. Quando foram vendidos 120 exemplares. Na foto principal, as organizadoras da coletânea, Edna e Bete. Quem se interessar, o livro “Amo Minha Idade” está disponível no formato e-book pelo link.  

Longevidade

Dar voz para o público maduro, em especial às mulheres é a missão de Bete Marin. “Aliás esta é a frase que usamos no Amo Minha Idade desde 2015: Dar voz, vez e valor para o público maduro. E isso é importante e emergente porque é aprendizado, é aproveitar as potencialidades e experiências que já existem para trocar com as diversas gerações afim de trazer soluções para o mundo corporativo e para a sociedade em geral”, defende.

A troca entre gerações beneficia a todos. “Todos ganhamos e nos fortalecemos, é um ganha-ganha. Eu tenho praticado desta transferência de conhecimento desde 2015 porque em tudo o que faço, tenho sempre uma pessoa madura me ajudando e eu as ajudo também. Em um mundo onde as mulheres maduras se sentem invisíveis, não vejo outra alternativa a não ser nos unir e nos ajudar mutualmente”, destaca Bete.

Amo Minha Idade Bete Marin
Bete desde 2015 empreende no segmento da longevidade (Foto: Divulgação)

A trajetória pela longevidade, porém, começou bem antes: “Eu sempre admirei as pessoas mais velhas, isso começou por volta dos meus cinco anos de idade com a minha relação de respeito e admiração pelos meus avós, em especial pela minha vó materna, Antônia que era benzedeira e curandeira. Eu a via como uma heroína, coberta em seus mistérios de cura e sabedoria”.

Para Bete, naquela época as pessoas mais velhas eram mais respeitadas e valorizadas: “Foi quando meu pai aposentou, em 1994 que percebi o quanto a sociedade não estava adaptada para oferecer uma vida ativa com ofertas de produtos e serviços para o público maduro. Eu queria ajudar o meu pai oferecendo atividades, mas ao pesquisar nada encontrei. Desde aquela época tenho testado vários modelos nos meus planos de negócios. Enquanto meu pai era vivo ele me incentivava muito”.

Após um período sabático forçado, Bete teve a ideia de começar com algo pequeno e despretensioso e em 2015 criou o blog Amo Minha Idade. “O que começou em dupla, com minha amiga redatora brilhante, Renata Namo, hoje já contamos com a contribuição de 33 escritoras do livro que lançamos, graças a nossa querida editora Edna Perrotti”.

No ano seguinte, em 2016, cofundou com Layla Vallias e Karen Bizanha o Hype60+, uma consultoria especializada no consumidor maduro. Dessa missão, também nasceu o Beleza Pura, um evento sobre autoestima e autocuidado feito por e para as mulheres maduras.

“E isso é só o começo. Prestes a completar 50 anos, sou parte desse movimento. Hoje, meu trabalho é criar espaços de voz à essas mulheres. O que passa também por abrir caminhos para uma nova geração de empreendedoras prateadas que está nascendo, por isso acabamos de lançar a plataforma http://empreendedorasmaduras.com.br/. E não vamos parar porque quando temos paixão e propósito e campo fértil, nem os maiores obstáculos nos segura”.

Beleza Pura

A segunda edição do Edição do Beleza Pura terminou com planos de outros eventos que seriam presenciais e em vários lugares do Brasil. “Até comentei isso no vídeo de cobertura que gravamos durante o evento. Mas com os últimos acontecimentos, estou tendo que adaptar o conteúdo do Beleza Pura para uma versão online. Estamos em negociação para ver qual será a plataforma, provavelmente alguma mídia social da Unibes Cultural. De certa maneira continuaremos indo para o Brasil, mas sem evento presencial. A gente é assim né? Resistentes, flexíveis e principalmente unidas e colaborativas”.

O Beleza Pura, segundo Bete, foi um sonho que foi aos poucos compartilhado com muitas mulheres maduras. “Isso me fez me sentir segura e me levou a aprender muito, porque não desenvolvi nada para elas, sem elas. Toda a programação e produção foram planejadas e realizadas pelas mulheres maduras, mesmo que no palco a gente tenha homens e mulheres de todas as idades, o conteúdo foi escolhido pelas maduras”.

O grande desafio para o Beleza Pura é financeiro, que, com certeza será vencido. “Não conseguimos atrair grandes empresas para o patrocínio ainda, porém o Beleza Pura é um trabalho onde me sinto completa: tenho liberdade, um time maravilhoso de profissionais experientes e que só me traz alegria”. Que venha a próxima edição! (Katia Brito)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises