conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Iniciativas & Projetos

Novo ciclo Arteterapia na Veia começa dia 3 de agosto

Arteterapia na Veia Ciclo Intergeracional

Vem aí mais um ciclo intergeracional “Arteterapia na Veia”, depois do sucesso da primeira edição promovida entre os dias 10 e 21 de julho, com mais de 140 inscritos. Idealizado pela arteterapeuta Jane Barreto, o ciclo totalmente online promoveu experiências significativas proporcionadas por sete artistas de diferentes linguagens artísticas.

Como foi destaque aqui no blog Nova Maturidade, o ciclo trouxe música, artes plásticas, dança, teatro, circo, sustentabilidade e literatura (storytelling). Entre em contato pelo e-mail janenova@terra.com.br e veja como participar. As atividades começam no dia 3 de agosto pela plataforma Google Meet.

Segundo Jane, a cada dia acontecia a arte do encontro via internet. “Os protagonistas eram representantes de vários grupos, em diversas regiões e Estados, e se conheceram online no primeiro dia, quando foi apresentado o programa e realizado um breve treinamento para uso da ferramenta Meet do Google com o protagonismo voluntário de Oswaldo Boccia 65 anos, presente em todos os dias”.

As propostas do “Arteterapia na Veia” eram desencadeadas por perguntas trazidas por Jane. “A partir da escuta atenta, eu conduzia o grupo a revelar seus conteúdos internos, emoções, angústias, frustrações, pensamentos, conquistas e sonhos. Durante as práticas realizadas, as respostas vinham de forma natural e fluída, leve e muito significativa”.

Com o maestro Kleber Mazziero, por exemplo, os participantes foram convidados a ir além com base na tese de pós-doutorado do maestro sobre as emoções presentes na composição de músicos da história. “Atentos à biografia de cada um dos músicos, estabeleceram relação com suas vidas, praticaram  a escutatória e perceberam a emoção do momento e a que os remetia a memória afetiva”, explica a arteterapeuta.

Linguagens artísticas

Arteterapia na Veia Ciclo Intergeracional

Já a partir da poesia concreta de Simone Rocha, mestre em processos criativos, cada um pode construir uma imagem daquilo que descobria durante a prática e modelava em papel a palavra que tinha mais significado para o seu momento. E em contato com sementes de alimentos refletiram com a educadora ambiental Cristina Frade sobre o ciclo da vida, semeando experiências e compartilhando conhecimentos.

A arte-educadora e psicóloga Daniela Moura trouxe a proposta dos significados aos nomes e a história de vida a ser contada base em elementos fundamentais para construção da storytelling como personagem, narrativa e conflito. O resgate de memórias afetivas com a percepção por meio de atributos da dança foi trabalhado pela educadora corporal em psicossomática Deise Alves.

As vivências do Arteterapia na Veia também contaram com a linguagem da cine-dramaturgia, que trouxe o episódio da série cômica “As Descasadas”, protagonizado pelas atrizes Rubia Reame e Rubia Konstantyni. Elas propõem um jogo cênico para resgatar medos, perdas, dores, lutos e a consciência da necessidade de ruptura para uma vida  plena e saudável.

Para fechar o ciclo intergeracional: Risoterapia na veia. O encontro final lembrou a tristeza e as perdas que a pandemia de Covid-19, mas também trouxe o contraponto por meio da vivência com a palhaça Manela (imagem principal), vivida pela artista Paola Musatti, integrante do grupo Doutores da Alegria. Ela e Jane conseguiram arrancar risos e gargalhadas.

“A alegria contagiou todos e todas que se perceberam felizes e plenos no exercício de pensar a vida, e superar a tragédia com o riso e com a vontade de seguir em frente”, finaliza Jane.

Com a palavra alguns participantes:

“Participando desse ciclo de Arteterapia, minha mente e meu corpo despertaram novas emoções e sensações, até alguns talentos que eu desconhecia. A arte e suas várias expressões aguçam nosso imaginário e nos enriquecem sobremaneira”.

Sergio Pereira, que no dia 14 de outubro completa 71 anos bem vividos

“Participar do Arterapia na Veia me fez entender a riqueza do conteúdo que todas as convidadas, profissionais brilhantes, trouxeram para o grupo que recebeu com entusiasmo e participou ativamente das atividades com grande interesse e alegria. Aprendemos, interagimos, experimentamos e queremos mais. Parabéns professora Jane, convidadas, amigos!”

Rosângela Marcondes, 65 anos

“O ciclo de atividades intergeracional dirigido com maestria pela Profa. Jane Barreto, com o nome de Arteterapia na Veia, foi de uma preciosidade ímpar! Com uma média de 40 frequentadores, com acentuada diversidade, sem nos darmos conta, fomos envolvidos e nos envolvemos! Percebemos que cada uma das artes, com seus valorosos profissionais peculiaridades e conteúdos, nos levaram para um mundo fora da pandemia! Gratidão à profa. Jane e a todos os demais profissionais! Bateu na veia e inundou todo o nosso corpo!”

Oswaldo Boccia, 65 anos

“Foi uma experiência extremamente gostosa de participar e muito enriquecedora. Eu pude ver e aprender através de outros pontos de vista, descobri muitos pontos em comum também. A proposta de um projeto intergeracional fez toda diferença. Mas o que mais me chamou atenção foi que todo final de aula a gente tinha uma reflexão diferente. Foi uma honra participar. Meus sinceros agradecimentos à professora Jane e aos demais envolvidos. Esse projeto mudou a vida de muita gente com toda a certeza”.  

Flávia Martins Freitas, 19 anos

“Aprendi muito com o Arteterapia na Veia com a Intergeracionalidade. Tema cada vez mais constante e necessário. Foi um deleite. Gostoso. Macio. Participativo. Fiquei pensando do porquê de ‘Na Veia’ e descobri que a Jane descobriu uma nova porta de entrada na alma das pessoas. Uma nova porta de entrada onde se brinca, se aprende e se deixa modificar. Foi um presente seu nestes tempos maus de pandemia”.

Augusto F. Luppi Filho, 81 anos

(Katia Brito / Fonte e imagens cedidas: Jane Barreto)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Iniciativas & Projetos

Evento será em formato híbrido, presencial e online, com diversas palestras e expositores, com início no dia 29 de setembro

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises