conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Notícias

Assistente social é essencial no acolhimento

Profissionais são fundamentais no atendimento às pessoas idosas, especialmente nas instituições de longa permanência

Assistente social -

O envelhecimento da população torna muitas profissões essenciais, especialmente o assistente social. Neste domingo, dia 15 de maio, celebra-se o Dia do Assistente Social, criado para dar visibilidade aos profissionais nem sempre reconhecidos por sua importante atuação, tanto no setor público quanto na iniciativa privada.

Uma das áreas de atuação desses profissionais são as instituições de longa permanência para idosos (ILPIs). Locais que devem oferecer a estrutura para que pessoas idosas vivam com segurança e saúde, devidamente acolhidos. São os assistentes sociais que combatem as vulnerabilidades e mostram que a cultura do abandono não pode ser mais aceita. Também é o profissional que recebe familiares e acolhe os idosos que buscam as instituições.  

“O assistente social é essencial em uma ILPI, visto que é capaz de contribuir positivamente para o bem-estar do idoso, atendendo desta forma também as famílias, contribuindo assim com o fortalecimento dos vínculos, além de dar o suporte necessário para resolução de demandas”, diz Érica Faleiro, assistente social da Casa São Luiz, ILPI mais antiga do Brasil, localizada no Rio de Janeiro.  

No Brasil, segundo a assistente social Mariana Senra, que também atua na Casa São Luiz, ainda existe muito preconceito com a institucionalização de um idoso e isso pode estar relacionado ao histórico dos antigos espaços asilares. “Sabemos que, por muita vezes, este momento é muito difícil para as famílias. Eles se sentem muito culpados em tomar essa decisão, mas existem situações no cotidiano em que a mudança se faz necessária”, explica.

A presença do assistente social em uma ILPI não deveria, mas se torna um diferencial ao escolher um local para que seu familiar seja bem acolhido. Com mais de 130 anos de funcionamento, a Casa São Luiz vem construindo uma ponte entre a sua história centenária e as necessidades do mundo contemporâneo. Entre seus residentes, 14% são atendidos por filantropia. No quadro de funcionários, profissionais como enfermeiros, assistentes sociais e gerontóloga.

(Fonte: Casa São Luiz / Imagem: Old care photo created by jcomp – www.freepik.com)

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Serviço social é abordado em data comemorativa - Casa São Luiz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises