conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Colunistas

Amanhã vou trabalhar

Amanhã vou trabalhar - Maria Anastácia Manzano

Maria Anastácia Manzano*

No dia 15 de setembro comemora-se o dia do Musicoterapeuta no Brasil. Neste ano recebemos uma homenagem na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Para mim foi emocionante ver nossa classe sendo reconhecida na casa legislativa de meu estado natal, afinal abracei esta profissão há sete anos e cada vez mais me sinto plena e realizada com meu trabalho!

Por esta razão escolhi o trabalho como e tema de nossa coluna de hoje. Interessante que, ao pensar em trabalho, pensei na origem da minha família.

Sou de origem imigrante. Meus bisavós maternos eram italianos, por parte do avô, e espanhóis, por parte da avó. Já os bisavós paternos eram todos espanhóis.  Chegaram ao Brasil entre os anos 1880 e 1910, para trabalhar nas fazendas de café do estado de São Paulo. Para trabalhar, faço questão de reforçar. E assim fizeram. Trabalharam muito, constituíram família e prosperaram.

Em nós descendentes ficou registrado, marcado a ferro, a questão do trabalho. Só trabalhando é que se prospera. Apesar de que meu Nono passou para as filhas o hábito, e a ilusão, de jogar na loteria.

O estudo e o trabalho são valores tão arraigados em nossa família que muitas vezes, devo confessar, “rola” preconceito contra aqueles que não apresentam a mesma compreensão ou o mesmo “nível” desses valores. De minha parte trato isso em terapia para poder viver melhor no mundo presente.

Estes valores são muito bem retratados na canção História de um prego do poeta João Pacífico, com apresentação da saudosa Inezita Barroso. Linda música, porém, que responsabilidade para o filho!

Ainda no ambiente rural, a canção de Chico Buarque e Milton Nascimento O cio da Terra mostra um ciclo de produção no solo, que representa um ciclo de trabalho de produção de alimento. Aqui com a bela interpretação de Pena Branca e Xavantinho, minha dupla favorita.

Nada como um bom samba de Adoniran Barbosa para relaxar e se divertir quando a questão é trabalho. Entre o trabalho e a mulher, o que será que ele escolhe? E você, o que escolheria?

Em outros países a palavra vagabundo tem um significado de quem viaja pelo mundo, de quem vive vagando. Entretanto aqui no Brasil vagabundo está relacionado com aquele que não trabalha, que não faz nada. E é essa a ideia que canta Chico Buarque na canção Vai Trabalhar Vagabundo descrevendo ainda como essas pessoas podem tirar algumas vantagens para levar uns trocados.

Hoje em dia o trabalho anda na velocidade da luz, literalmente. Tantas mudanças, tantas inovações, tantos conceitos, profissões, equipamentos, espaços novos. Eu não consigo acompanhar. Professor Gilberto Gil nos explica Pela Internet. Prestemos atenção!

Admiro muito que consegue acompanhar todas as inovações da tecnologia.  Sei que vou ter que aprender pelo menos o básico, e eu tento. No trabalho optei por resgatar o antigo. Levo músicas, canções e resgato a memória de pessoas idosas em Instituições de Longa Permanência Para Idosos (ILPIs). São os Residenciais, Casa de Repouso, antigos Asilos. Amo o que eu faço.

Ganho meu dia quando encontro um senhor ou uma senhora triste e depois da minha intervenção esta pessoa está sorrindo, dizendo que a dor passou, que não está mais triste. Agradeço todos os dias a oportunidade de realizar meu trabalho. Costumo dizer que ao final do dia estou exausta, mas nunca infeliz. Hoje meu trabalho é meu prazer!

Tempo amigo Maria Anastácia Manzano

*Maria Anastácia Manzano

Especialista em Musicoterapia, dirigente de Dança Sênior e em breve gerontologista, Maria Anastácia Manzano é colunista do blog Nova Maturidade. As publicações serão quinzenais, mas temporariamente temos o privilégio de textos semanais.

Confira o currículo completo e a coluna de estreia Brincar com música: para além do cantar e tantas outras já publicadas no link.

Fale com a colunista: anastacia@novamaturidade.com.br ou deixe seu comentário.

(Imagem de congerdesign por Pixabay)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades





Leia também

Artigos

*Egídio Dórea Simone de Beauvoir, célebre filósofa francesa e autora de um dos mais profundos estudos antropológicos sobre a velhice, resgatou nesse livro uma...

Colunistas

Programa musical tem ido além da valorização dos talentos 60+, trazendo debates sobre etarismo e as conquistas femininas

Notícias

Atividade online oferecida pelo Campus Virtual Fiocruz tem como cuidados integrais, vacinação, contatos sociais, entre outros

Saúde & Bem-estar

Em sua 9ª edição, campanha alerta para a importância do cuidado com a saúde mental em tempos de prolongada pandemia e crises